Os 10 Animais Mais Famosos Do Mundo

22 de dez de 2011

Vez ou outra aparece na mídia algum bichinho que consegue atrair para a si a atenção de todo mundo, graças a feitos que ninguém espera, justamente, terem vindo de um animal. A humanidade já presenciou animais supercentenários, os que voaram ao espaço, e também aqueles que alcançaram notoriedade ao desempenhar um papel importante no cinema e na TV. Chegou a hora, então, de conferir, e até mesmo conhecer, alguns desses animais que adentraram de vez em nossa memória.

10 - Harriet


Harriet, a tartaruga mais famosa do mundo ficou conhecida por ser, supostamente, um dos animais de estimação do pesquisador naturalista Chales Darwin, na qual ele teria se inspirado para elaborar a sua teoria da evolução natural. Harriet era ainda conhecida por ser o ser vivo mais velho do planeta, com 175 anos (estima-se que Harriet tenha nascido no ano de 1830, nas Ilhas Galápagos, arquipélago pertencente ao Equador). Em meados do século XIX, a tartaruga teria sido, então, doada ao Jardim Botânico de Brisbane. Até a data de sua morte, em 23 de junho de 2006, Harriet encontrava-se no Jardim Zoológico de Beerwah, em Queensland (Austrália). Porém, recentes exames feitos no DNA mitocondrial de Harriet demonstram que ela teria nascido no mínimo em 1835 e que, portanto, teria menos de 170 anos de vida.

9 - Ham (chimpanzé)


O primeiro hominídeo a ser lançado ao espaço foi um chimpanzé chamado Ham. Ele fora capturado nos Camarões e levado para Miami, sendo adquirido pela Força Aérea Norte-Americana. Na base aérea existiam aproximadamente 40 chimpanzés que faziam testes para apenas um deles ser escolhido e enviado ao espaço. Ham foi escolhido. Até sua ida ao espaço era conhecido como Número 65; no entanto, após o sucesso da viagem e sua volta à Terra, o chimpanzé foi apelidado de Ham, um acrônimo de Holloman Aerospace Medical Center (Centro Médico Aerospacial de Holloman). Aposentado dos voos espaciais, Ham viveu durante 17 anos no Zoológico Nacional em Washington DC e depois no Zoológico da Carolina do Norte. Neste período participou de programas de TV e até de um filme com Evel Knivel. Faleceu em 1983, aos 26 anos, e seu esqueleto é mantido até hoje no Museu da Saúde e da Medicina.

8 - Mike, o frango sem cabeça


Um dos casos mais bizarros envolvendo animais de que se tem notícia é, sem dúvida, o de Mike, o frango que permaneceu vivo por 18 meses sem cabeça. Mike, de cinco meses e meio, seria, na verdade, o jantar que o fazendeiro Lloyd Olsen prepararia para sua sogra na noite de 10 de setembro de 1945, no Colorado. Entretanto, Olsen não decapitou o frango corretamente e o jantar foi suspenso. Mesmo sem cabeça, o frango não morreu, mas não vivia, obviamente como antes. Sua alimentação era lhe dada por Olsen através de um conta-gotas que era inserido no orifício aberto em seu pescoço. O andar de Mike também sofreu mudanças: logo após a decapitação, ele andava de maneira cambaleante; com o tempo, ele conseguia até a alcançar poleiros mais altos. Houve também uma alteração no canto da ave: ela agora emitia sons feitos em sua garganta. Mike obteve grande repercussão da mídia da época e chegou a ganhar até $4.500 por mês em apresentações e shows. Em março de 1947, após uma apresentação, Mike morreu em um hotel em Phoenix, sufocado pelo muco que havia se formado em seus pulmões. Exames feitos em Mike após sua morte mostraram que a lâmina do Machado não havia acertado a veia jugular e um coágulo se formou, impedindo que o frango morresse de hemorragia. Boa parte do tronco cerebral e um ouvido permaneceu no corpo, o que fez com que Mike tivesse uma vida bastante saudável, apesar das condições. O mais incrível de tudo é que muitos frangos foram decapitados na tentativa de repetir o feito de Mike, mas eles não conseguiram viver mais que 11 horas após a decapitação. Em 1999 foi criado o festival o Dia de Mike, o Frango sem Cabeça, que ocorre no terceiro fim de semana de maio, no Colorado. Durante muito tempo a cabeça de Mike foi conservada por seu dono, até o dia em que um gato a comeu.

7 - Paul, o polvo


Uma das figuras mais emblemáticas da Copa do Mundo da África do Sul não foi a de nenhum jogador ou técnico, mas sim a de Paul, o polvo “profeta”. Paul tornou-se mundialmente conhecido por adivinhar os resultados dos jogos da seleção da Alemanha no torneio, inclusive o de sua eliminação nas semifinais, além de acertar a vitória da Espanha sobre a seleção holandesa. Ao contrário do que muitos pensam, Paul não era alemão, mas sim italiano, já que fora pescado próximo a ilha de Elba, em 2008. O molusco foi adestrado pela jovem alemã Verena Bartsch, de 22 anos. Paul passou a maior parte de sua vida no Aquário Marinho (Sea Life Centre) de Oberhausen, na Alemanha, local onde faleceu em 26 de outubro de 2010 durante o sono.

6 - Christian, o leão


Se você se liga em assuntos da internet, com certeza já deve ter ouvido ou lido algo referente ao leão Christian. Em 1969, dois amigos australianos (John Rendall e Anthony Bourke, que moravam em Londres) o encontraram em uma loja de animais exóticos e decidiram comprá-lo. O animal foi criado por John, Anthony e suas namoradas até a idade de um ano. No entanto, o tamanho do animal e o custo para mantê-lo fizeram com que os dois amigos o entregassem à vida selvagem no Quênia. Em 1971, os antigos criadores de Christian puderam lhe fazer uma visita – que foi filmada e transformada em um documentário do qual se extraiu o famoso vídeo que roda a internet há alguns anos. John e Anthony haviam sido alertados de que Christian poderia não reconhecê-los e que, portanto, o contato entre eles e o leão poderia ser perigoso. Mas como pode ser visto no vídeo, Christian os reconheceu e os saudou. Após este encontro o leão só foi visto mais uma vez, em 1972. Até hoje não se tem notícias de seu paradeiro.

5 - Jumbo


Com certeza, você que está lendo este post já deve ter ouvido falar de Jumbo, o gigante elefante das savanas africanas. Nascido na Abissínia (1861), Jumbo foi transferido para o Zoológico do Jardim das Plantas de Paris e trocado logo depois, em 1865, por um rinoceronte, a um zoológico de Londres, até ser vendido a um circo, onde seria consagrado para o público. No entanto, infelizmente Jumbo morreu jovem (para os padrões paquidérmicos) aos 24 anos, ao colidir com uma locomotiva, em 15 de setembro de 1885. A repercusão que Jumbo obteve na imprensa, ainda mais após sua morte, tornou-o conhecido no mundo inteiro. A ossatura do elefante mais conhecido do mundo encontra-se exposta no Museu Americano de História Natural.

4 - Keiko


Você pode não conhecer nenhuma baleia chamada Keiko, mas com certeza lembra-se de uma de nome “Willy”, graças à sua participação no filme Free Willy. Nascido em 1976 na Islândia e capturado em 1979, a baleia-macho Keiko impresionava por sua envergadura (media 7,3 metros e pesava cerca de 6 toneladas). Em 1982, Keiko foi vendido a um aquário em Ontário (Canadá), local em que começou a se apresentar ao público e a desenvolver sérios problemas de saúde. Em 1985 foi vendido a um parque de diversões no México, onde morou até 1993, ano em que participou de Free Willy. Com a publicidade obtida com o longa, a própria Warner Bros. (produtora do filme) mobilizou a sociedade para lhe dar uma moradia melhor até a sua tão esperada devolução ao ambiente selvagem. Foi criada, então a Free Willy Keiko Foundation, em 1995, no estado norte-americano do Oregon. Em 1998, Keiko foi transportada à Islândia, onde começou a ser preparada para a sua readaptação ao mar aberto. No entanto, durante algum tempo após a primeira investida, Keiko permaneceu sem localização até ser encontrada em 2002, na Noruega. No ano seguinte, em 12 de dezembro de 2003, a baleia mais famosa do mundo morreria aos 27 anos em consequência de uma pneumonia, sem nunca ter procriado.

3 - Laika


Laika era uma cadela que vivia solta nas ruas de Moscou e tinha cerca de 3 anos de idade quando foi recrutada para o Programa Espacial Soviético, em 1957. A cadelinha foi o primeiro ser vivo a ser enviado ao espaço, a bordo da nave soviética Sputnik II, em 3 de novembro de 1957. O feito ocorreu apenas um mês depois de Sputnik I – o primeiro objeto construído pelo homem - ter sido lançado. Devido ao pouco tempo de preparo para a missão, Laika não resistiu mais que sete horas após o lançamento da cápsula. A causa da morte, revelada cerca de 40 anos após o voo, foi uma combinação de alto estresse e superaquecimento dentro da nave. O Sputnik, porém, só viria a explodir junto com os restos mortais de Laika em 14 de abril de 1958.

2 - Ovelha Dolly


A ovelha mais famosa do mundo não poderia deixar de figurar neste post. Dolly, o primeiro clone obtido com sucesso nasceu em 5 de julho de 1996. Os responsáveis pelo feito foram os pesquisadores Ian Wilmut (na foto com Dolly) e Keith Campbell, do Instituto Roslin, na Escócia. Dolly foi clonada a partir de células da glândula mamária de uma ovelha adulta que à época da experiência tinha 6 anos de vida e, por isso, recebeu o nome de Dolly, em homenagem à cantora country e atriz Dolly Parton (que também é famosa pelo tamanho de seus seios). Apesar de a ovelha Dolly ter uma vida praticamente normal (ela até deu à luz dois filhotes), ela foi sacrificada em 14 de fevereiro de 2003, pois cientistas diagnosticaram que Dolly desenvolvia um tipo de artrite, além de infecção pulmonar, que culminaria em envelhecimento precoce. Seu corpo foi embalsamado e empalhado e permanece até hoje no Museu Real de Edimburgo, Escócia.

1 - Pal


Você pode não reconhecê-lo como Pal, mas se falarmos de Lassie, a cadela mais famosa do cinema, você vai lembrar na hora. Para início de conversa, vamos esclarecer que Lassie era, na vida real, um macho. Nascido em 04 de junho de 1940, no estado da Califórnia, Pal ganhou fama após ser doado a Rudd Weatherwax, um treinador de animais de Hollywood. Em 1943, o cão foi escolhido pela MGM, dentre outros 1500 cães, para interpretar Lassie, tanto no cinema quanto na TV. Ao todo, Pal participou de 6 filmes pela MGM e de 2 pilotos para séries de TV. Após estrelar os dois pilotos, Pal se aposentou e, com o passar do tempo, foi apresentando quadros de surdez e cegueira. Pal faleceu em 1958, mas deixou um importante legado: seus filhotes, todos da raça collie, estrelaram filmes e seriados como Lassie durante 19 temporadas.



9 comentários:

MAX MEGA CURIOSIDADES disse...

Obrigado a todos pelas visitas

Anônimo disse...

Incrível Post, mas o que intriga é o caso do frango, como um animal sem cabeça (ou seja, sem cérebro) iria comandar todas as ações do corpo???

Anônimo disse...

Não colocou o Hachi do filme Sempre ao seu lado(inspirado em uma historia real) que também é famoso por sua lealdade,tem até estatua dele no Japão!

Anônimo disse...

e o beethoven????

vini disse...

Velho, que bruxaria é essa do Mike, o Frango sem Cabeça??

Jean Augusto disse...

incrivel uma tartaruga chegar quase a 170 anos '-'
é um animal de estimação para a vida inteira!

Anônimo disse...

:U

Anônimo disse...

se o frango é sem cabeça então como q ta vivo pq ele temq respirar e sem cabeça ñ da nérr

Anônimo disse...

:m Interessante rs'

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t :u :v :x

Postar um comentário

Não será permitido spans e ofensas. Para usar os emoticons digite (dois pontos e a letra desejada)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



 
 

Curiosidades Do Mundo | Max Mega Curiosidades Do Mundo